• Redacão

Alta dosagem de Cloroquina pode ter causado a morte de empresário no Hospital Delphina Aziz

Por | Israel Pinheiro

MANAUS | ApósApós duas semanas lutando contra o Coronavírus no Hospital Delphina Aziz, morreu na madrugada desta quinta-feira (16), o empresário do ramo de construção civil, Marcos Bruno Cecílio (39), após sofrer uma parada cardíaca.

A família acredita que a alta dosagem do medicamento Cloroquina, pode ter elevado o risco de morte do empresário. Isso foi o que falou o irmão da vítima, Fausto Cecílio (35), para nossa equipe em conversa pelo telefone 0000-5725. "Ele estava melhorando, mas depois não sei o que aconteceu com ele, acredito que tenham usado em excesso a Cloroquina", falou Fausto.


Nas redes sociais muitas pessoas se solidarizaram com a família pela perda. Bruno era conhecido pela sua alegria, generosidade e bom coração. Em postagem no Facebook o cantor Robson Junior, lamentou a morte do amigo e relembrou o tempo em que passava momentos difíceis e Bruno foi um dia poucos que estendeu a mão. "Faço uma homenagem a você que chorou comigo e até me pagou um café com pão em um certo momento em que muitos me viraram as costas. Você ficava feliz em ajudar as pessoas! Vá em paz, meu amigo Marcos Bruno Cecílio, saibas que a sua bondade e a sua alegria sempre serão lembradas por mim e tenho certeza que por muitos outros amigos e por seus familiares", publicou o cantor.


O empresário prestava serviço na construção da passarela de acesso ao prédio da Assembleia Legislativa do estado - Aleam. Bruno deixa esposa e três filhos.


9,373 visualizações
Críticas, sugestões de pauta e parceria comercial: 
Whatsapp: 92 3667-4126 / 99248-8080​
Ou via e-mail: mail@blogdaamazonia.com
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Flickr
  • Preto Ícone SoundCloud
Copyright © 2017-2020. AMAZÔNIA COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA. - Todos os direitos reservados.
CNPJ (MF) 28.140.273/0001-50