Críticas, sugestões de pauta e parceria comercial: 
Whatsapp: 92 3667-4126 / 99248-8080​
Ou via e-mail: mail@blogdaamazonia.com
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Flickr
  • Preto Ícone SoundCloud
Copyright © 2017-2020. AMAZÔNIA COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA. - Todos os direitos reservados.
CNPJ (MF) 28.140.273/0001-50
  • Redacão

Defesa Civil realiza pronto-atendimento a ocorrências causadas pela forte chuva desta quinta-feira



Cinco ocorrências foram registradas e prontamente atendidas nesta quinta-feira, 19/3, pela Defesa Civil da Prefeitura de Manaus, ocasionadas pela forte chuva que atinge a capital amazonense. O primeiro balanço foi fechado às 16h pela Central de Emergência 199.


"A Defesa Civil municipal continua seu monitoramento 24 horas e nossas prioridades em atendimento no momento são as situações de desabamento e deslizamento.  E todas as ocorrências registradas nesse padrão já estão em atendimento pela nossa equipe técnica", explicou a diretora de Operações do órgão, Bibiane Araújo.


Foram registradas duas ocorrências de desabamento de residência (parcial e total) no conjunto Manoa, na Cidade Nova, zona Norte, e no São José Operário, zona Leste. De acordo com a equipe técnica do órgão a situação no Manoa foi ocasionada por um deslizamento de barranco. A família foi atendida e inserida no programa Auxílio-Aluguel, da Secretaria Municipal da Mulher, Cidadania e Assistência Social (Semasc).

Também foram registradas duas ocorrências de deslizamentos, nos bairros Grande Vitória e Santa Etelvina; e um desabamento de muro, no Nova Vitória.


Prevenção


O secretário-executivo da Defesa Civil, Cláudio Belém, destacou que as equipes que atuam no atendimento das ocorrências estão adotando os devidos cuidados, em relação ao novo coronavírus, nas ações realizadas externamente.


"Conforme a determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto, em relação às medidas de prevenção ao novo coronavírus, todos os nossos técnicos irão atender as situações de emergência com todo o material preventivo necessário: máscaras, luvas e álcool gel para se proteger. As esquipes continuam em atendimento 24 horas dando prioridade às ocorrências de deslizamento, desabamento, risco de deslizar e risco de desabar", informou Belém.


Monitoramento


Conforme os dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a média de chuva até o último sábado, 14, foi de 15 milímetros para a cidade de Manaus.


Além dos pluviômetros, o monitoramento nas áreas de risco da cidade, no período chuvoso, é realizado diariamente pela Defesa Civil e conta com o reforço dos Núcleos de Proteção e Defesas Civis nas comunidades (Nupdecs), formados por voluntários.

5 visualizações