Críticas, sugestões de pauta e parceria comercial: 
Whatsapp: 92 3667-4126 / 99248-8080​
Ou via e-mail: mail@blogdaamazonia.com
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Flickr
  • Preto Ícone SoundCloud
Copyright © 2017-2020. AMAZÔNIA COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA. - Todos os direitos reservados.
CNPJ (MF) 28.140.273/0001-50
  • Redacão

Durante ‘Ação Catraca’, policiais militares evitam assalto aos passageiros da linha 356



Em uma rápida ação que impediu um assalto aos passageiros, motorista e cobrador do ônibus coletivo da linha 356, durante a “Ação Catraca”, policiais militares da 18ª e da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram aplaudidos após deterem quatro suspeitos com armas de fogo na avenida Torquato Tapajós, nas proximidades do Hospital Delphina Aziz, zona norte da capital. Com eles, os policiais apreenderam uma arma de fabricação caseira, calibre 28, um simulacro de arma de fogo tipo pistola e uma munição calibre 28 intacta.


Os policiais que atenderam a ocorrência disseram que, por volta das 20h30, foram acionados pelo 190 para verificarem uma situação de roubo, e imediatamente deslocaram até o local. Ao chegarem à parada de ônibus, foram informados que os suspeitos tinham embarcado no coletivo da linha 356. Em ato contínuo, os policiais iniciaram as buscas e logo visualizaram o coletivo.


Feito o acompanhamento, abordagem e revista pessoal, os policiais identificaram os quatro suspeitos, que ainda tentaram se esconder em meio aos passageiros. Com eles, foram apreendidas armas e alguns objetos pessoais dos passageiros. Na saída do coletivo, mulheres, homens e jovens aplaudiram e agradeceram o rápido trabalho da polícia.


Em um vídeo que viralizou nas redes sociais, os passageiros, ainda muito nervosos, aplaudem e agradecem aos policiais que agiram rapidamente e conseguiram impedir a ação dos suspeitos.


“Quero agradecer primeiramente a Deus que nos livrou desse assalto e ao rápido trabalho da polícia que conseguiu evitar que o pior acontecesse. Eles estavam muito nervosos, e a qualquer momento poderiam atirar em um de nós aqui dentro do ônibus, mas os policiais fizeram um excelente trabalho”, disse uma passageira que preferiu não se identificar.


Diante dos fatos, foi dada voz de prisão aos suspeitos, que foram conduzidos ao 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos legais.

13 visualizações