Críticas, sugestões de pauta e parceria comercial: 
Whatsapp: 92 3667-4126 / 99248-8080​
Ou via e-mail: mail@blogdaamazonia.com
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Flickr
  • Preto Ícone SoundCloud
Copyright © 2017-2020. AMAZÔNIA COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA. - Todos os direitos reservados.
CNPJ (MF) 28.140.273/0001-50
  • Redacão

FCecon recepciona quatro novos médicos residentes



A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) recepcionou, nesta segunda-feira (02/03), quatro novos médicos residentes que passam a integrar o Programa de Residência Médica da unidade hospitalar. A recepção ocorreu no auditório Dr. João Baldino, 3º andar, localizado na rua Francisco Orellana, 215, bairro Planalto, zona centro-oeste. Eles irão atuar nas especialidades de Mastologia, Anestesiologia e Cirurgia Oncológica.


O programa de Residência Médica é um convênio entre as Comissões Estadual (Cermam) e da FCecon (Coreme), conforme estabelecido pelos Ministérios da Educação (MEC) e da Saúde (MS) para formação e capacitação de profissionais médicos. A unidade hospitalar já formou 43 residentes, nas especialidades de Cirurgia Oncológica, Cabeça e Pescoço, Mastologia, Cancerologia Clínica, Anestesiologia e Radiologia e Diagnóstico por Imagem.


Segundo a coordenadora do Coreme/FCecon, Monique Freire Santana, pesquisadora e patologista, a residência médica é uma modalidade de pós-graduação em que o médico se aperfeiçoa em uma especialidade, mediante treinamento em serviço. Ela explica que o residente é acompanhado e recebe treinamento de um preceptor (a maioria médicos especialistas na área de interesse) que o orientará no aperfeiçoamento nas práticas de anamnese, exame físico, exames complementares e técnicas cirúrgicas, quando aplicáveis conforme especialidade.


“A residência é o padrão ‘ouro’ para a formação de um especialista, em que o médico cumpre uma carga horária mínima, a depender da especialidade. O programa é importante porque serve como forma de aperfeiçoar o cuidado à saúde. Todo hospital que oferece a residência médica incentiva seus preceptores e o corpo clínico a estarem sempre em um sistema de educação continuada, atualizando-se nas melhores técnicas para treinarem seus residentes”, destaca Monique.


Novos residentes – Entre os novos residentes está a médica Viviane Mateus Campos de Oliveira, que irá atuar na área de Anestesiologia. Ela diz que a expectativa para atuar na FCecon é grande, uma vez que trabalhar na unidade hospitalar é um desafio. “Começamos nosso trabalho com uma missão acima da média, que é lidar com pacientes de alta complexidade e, assim, temos a esperança de sair bem capacitados”, comenta.


Estar na Fundação Cecon, lembra Campos, é abrir mão de estar junto da família – marido e duas filhas – que deixou em Porto Velho (RO). “Todos me apoiam e iremos conseguir vencer essa etapa juntos. Quero me dedicar 100% à Fundação para sair um profissional melhor, após os três anos de residência”, ressalta.


Formado pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o médico João Barros Carreira também iniciará a residência em Anestesiologia, e garante que a expectativa é a melhor possível. “Sei que escolhi um serviço de excelência no Amazonas na área de Anestesiologia. Creio que o que tenho para aprender aqui é o que há de ponta de linha para que consigamos prover aos pacientes um tratamento de qualidade, melhora na qualidade de vida e redução de dor”, pontua.


Também passam a integrar o programa de residência da Fundação Cecon os médicos Marcel de Aguiar Raposo da Câmara Coelho, na especialização de Cirurgia Oncológica, e Kaiom Cesar Xavier Pacheco, em Mastologia.


Participaram da recepção aos novos residentes nesta segunda-feira o diretor-presidente da FCecon, mastologista Gerson Mourão, e gerentes de diversos setores da unidade hospitalar.

30 visualizações