Críticas, sugestões de pauta e parceria comercial: 
Whatsapp: 92 3667-4126 / 99248-8080​
Ou via e-mail: mail@blogdaamazonia.com
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Flickr
  • Preto Ícone SoundCloud
Copyright © 2017-2020. AMAZÔNIA COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA. - Todos os direitos reservados.
CNPJ (MF) 28.140.273/0001-50
  • Redacão

Prefeitura orienta empresários gastronômicos a suspenderem o atendimento presencial



Equipes da Vigilância Sanitária da Prefeitura de Manaus (VISA Manaus) percorreram padarias e serviços de café da manhã neste domingo, 22/3, para fiscalizar o cumprimento das medidas de prevenção à propagação do novo coronavírus determinadas pelo prefeito Arthur Neto. Na ação, os fiscais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) também orientaram os empresários do setor para que não atendam mais em sistema presencial, apenas para a venda de produtos e saída do consumidor.

“Pudemos observar que a maioria dos estabelecimentos de café da manhã não estava funcionando e as padarias não estavam oferecendo serviço em salão, porque essa modalidade está expressamente proibida”, explicou o fiscal da VISA Manaus, Fabrício Barros.

Ele explicou que as padarias podem funcionar normalmente, assim como os supermercados. A restrição é para o consumo no local.

Fabrício Barros lembrou que a VISA Manaus vem atuando na orientação e conscientização em diversos segmentos da economia já tendo visitado hotéis, garagens de ônibus, academias, supermercados, rodoviária, serviços de alimentação e shoppings, fazendo a distribuição de material como panfletos e folders educativos.

“Nós, da Vigilância Sanitária, estamos atuando para somar esforços para, conforme o prefeito determinou, garantir a saúde da população de Manaus”, afirmou Barros.

Ação integrada

Na noite de sábado, 21/3, equipes de fiscalização da Vigilância Sanitária da Semsa deram suporte na ação integrada, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública, para dar cumprimento ao decreto do Governo do Estado que regula o funcionamento de bares, restaurantes e estabelecimentos religiosos como medida de prevenção à proliferação do novo coronavírus no Amazonas.

Pelo menos 40 estabelecimentos foram orientados a encerrar as atividades para resguardar a saúde tanto dos clientes quanto dos trabalhadores.

22 visualizações