Críticas, sugestões de pauta e parceria comercial: 
Whatsapp: 92 3667-4126 / 99248-8080​
Ou via e-mail: mail@blogdaamazonia.com
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Flickr
  • Preto Ícone SoundCloud
Copyright © 2017-2020. AMAZÔNIA COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA. - Todos os direitos reservados.
CNPJ (MF) 28.140.273/0001-50
  • Redacão

Seminário sobre inclusão digital para comunidades tradicionais da Amazônia será realizado na Prodam




Com o objetivo de desenvolver reflexões em torno da relação de populações tradicionais, urbanas e rurais da Amazônia com as tecnologias digitais, a organização não governamental (ONG) de direitos humanos Artigo 19 realiza, neste sábado (28) e domingo (29/09), das 10h às 17h, no auditório da empresa Processamento de Dados Amazonas S.A (Prodam), o seminário Encontro de Comunidades. O evento reunirá 25 jovens de bairros periféricos de Manaus, de Porto Velho e de localidades do interior do Amazonas, além de representantes indígenas.


Durante os dois dias do evento, serão discutidos temas como “Internet, Comunicação e Liberdade de Expressão”; “Violência de gênero online contra comunicadores”; “Impactos Socioambientais e Tecnologias Digitais” e “Redes Comunitárias”. As palestras serão ministradas por membros da ONG Artigo 19, professores da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e pela organização Amazônia Real.


O assessor do Programa de Direitos Digitais da Artigo 19, Paulo Lara José, explicou a proposta do seminário. “A ideia é que o evento seja um momento de bate-papo e aprendizagem de todas e todos em relação aos desafios, problemas, soluções e possibilidades que as tecnologias digitais podem ter para as comunidades e também para aproximar ações e criar vínculos entre as organizações participantes”, disse.


Para o diretor-presidente da Prodam, João Guilherme de Moraes Silva, apoiar eventos desse tipo vai ao encontro dos interesses da Prodam de promover a interiorização dos serviços do governo do Amazonas por meio da tecnologia.


“A Prodam está investindo em projetos como o gasoduto Coari-Manaus e o Amazônia Conectada para levar internet ao interior do Amazonas. Mas, é preciso trabalhar também na formação e conscientização da população do interior sobre o uso da Internet e demais tecnologias. E esse evento tem exatamente essa proposta”, explicou Guilherme.


Sobre a Artigo 19 – Organização não-governamental de direitos humanos nascida em 1987, em Londres, com a missão de defender e promover o direito à liberdade de expressão e de acesso à informação em todo o mundo. Seu nome tem origem no 19º artigo da Declaração Universal dos Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU).


Com escritórios em nove países, a Artigo 19 está no Brasil desde 2007, e desde então tem se destacado por impulsionar diferentes pautas relacionadas à liberdade de expressão e informação, entre as quais estão o combate às violações ao direito de protesto, a proteção de defensores de direitos humanos e comunicadores, a descriminalização dos crimes contra a honra, a elaboração e a implementação da Lei de Acesso à Informação, e a construção e defesa do Marco Civil da Internet.


Serviço: Seminário sobre inclusão digital para comunidades tradicionais da Amazônia


Data/hora: Sábado (28) e domingo (29/09), das 10h às 17h

Onde: Auditório da empresa Processamento de Dados Amazonas S.A (Prodam), na  rua Jonathas Pedrosa, 1.937, Praça 14, zona centro-sul de Manaus

5 visualizações