Críticas, sugestões de pauta e parceria comercial: 
Whatsapp: 92 3667-4126 / 99248-8080​
Ou via e-mail: mail@blogdaamazonia.com
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Flickr
  • Preto Ícone SoundCloud
Copyright © 2017-2020. AMAZÔNIA COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA. - Todos os direitos reservados.
CNPJ (MF) 28.140.273/0001-50

Você no Blog da Amazônia!

Aconteceu alguma coisa na sua comunidade? Chama a gente. Envie fotos, vídeos, sua denúncia, crítica ou sugestão.

Nosso Whatsapp: 92 99248-8080 Adiciona a gente aí!

Imagens fortes! Mulher é morta a pauladas pelo marido

04/11/2017

 

Iranduba/AM – A dona de casa keila Dourado de Souza, 41 anos, desaparecida desde a última quinta-feira, dia de finados, foi encontrada morta ontem (3), por policiais militares da 8ª Companhia Independente de Polícia Militar, de Iranduba, município da Região Metropolitana de Manaus. Eles prenderam em flagrante o motorista Francisco das Chagas Sales, 39 e Robson Viana da Gama, 32 anos acusados de participarem do crime que teria como autor o esposo da vítima Francisco Antônio Moreira do Nascimento, 39 anos, foragido.

 

De acordo com os policiais militares Herbert Pacheco e Irailton Vasconcelos foram informados do desaparecimento de Keila Dourado, que saiu de casa na tarde da última quinta-feira de carro, em companhia de seu esposo Francisco Antônio, de Robson Viana e Francisco Chagas, e não retornou mais a sua residência.

 

 

 

Os policiais foram informados ainda, que Robson Viana apareceu comentando que Keila, teria sido morta a pauladas pelo esposo e por ele em um ramal da comunidade do Caldeirão.
Com as informações de que Robson Viana estaria no bairro do Mutirão, no Cacau Pirera, os policiais seguiram ao local onde prenderam em flagrante o acusado e o motorista Francisco da Chagas e apreenderam o Corsa de cor preta e placas JXE 54 02, que teria sido usado no transporte dos acusados até o local do crime.

 

Presos, Robson Viana e Francisco Chagas levaram os policiais até o ramal do Zé Ricardo, no Caldeirão, onde no meio da mata encontram o corpo de Keila Dourada, sem a parte de baixo da roupa e com a cabeça esmagada de pauladas.

 

Robson disse que, o autor das pauladas foi o esposo da vítima Francisco Antônio, que antes de ser morta, Keila Dourado, disse ao marido “não faz isso, porque sou mãe dos teus filhos”, mas o acusado não atendeu ao apelo da esposa e a matou a pauladas na cabeça.
Ele (Robson) garantiu que não participou do crime, apenas assistiu a mulher ser morta. Disse ainda aos policiais, que Francisco das Chagas foi quem levou de carro, ele, Antônio e a esposa até o ramal onde ela foi morta.

 

Os dois acusados foram encaminhados até o 31º DIP, em Iranduba, onde Robson Viana e Francisco das Chagas foram ouvidos pelo delegado Fábio Aly de Freitas que lavrou o auto de prisão em flagrante.

 

Imagem forte:

 

 

Com informações do site: Fato Amazônico

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Curtir
Please reload

DESTAQUES

Polícia Militar, por meio da Rocam, detém dois suspeitos por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, na zona oeste

12/01/2020

1/10
Please reload

POSTS RECENTES