Críticas, sugestões de pauta e parceria comercial: 
Whatsapp: 92 3667-4126 / 99248-8080​
Ou via e-mail: mail@blogdaamazonia.com
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Flickr
  • Preto Ícone SoundCloud
Copyright © 2017-2020. AMAZÔNIA COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA. - Todos os direitos reservados.
CNPJ (MF) 28.140.273/0001-50

Você no Blog da Amazônia!

Aconteceu alguma coisa na sua comunidade? Chama a gente. Envie fotos, vídeos, sua denúncia, crítica ou sugestão.

Nosso Whatsapp: 92 99248-8080 Adiciona a gente aí!

Auditoria federal aprova contas da previdência de Manaus

29/12/2017

 

 

A previdência da Prefeitura de Manaus termina 2017 passando por mais uma auditoria federal e recebendo a aprovação das suas contas. A Secretaria de Previdência (SPREV), ligada ao Ministério da Fazenda, divulgou no final de quinta-feira, 28/12, o resultado do Relatório de Auditoria de Informações Previdenciárias (RAP) sobre a avaliação dos requisitos financeiros e fiscais da autarquia durante os exercícios de 2015 e 2016. A conclusão foi que as ações do órgão estão de acordo com a legislação que rege os Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS).

 

Iniciada no final de agosto, a auditoria analisou os demonstrativos de Informações Previdenciárias e Repasses (DIPR); das Aplicações e Investimentos dos Recursos (Dair); de Resultado da Avaliação Atuarial(DRAA) e do balanço patrimonial.

 

“Auditores da SRPPS e do Ministério da Fazenda constataram que o órgão municipal não realizou nenhum fato estranho à regularidade dos seus atos de execução financeira, orçamentária e previdenciária, principalmente”, destacou o diretor-presidente da Manaus Previdência, Silvino Vieira.

 

Recorde

 

Com a auditoria da SPREV, a Manaus Previdência fecha o exercício com um total de 15 auditorias realizadas somente em 2017, entre análises fiscais, de gestão e de qualidade. Um recorde na história da instituição, criada em 2005. 

 

“Uma situação que considero até atípica”, comenta Vieira. “Somos um órgão que constantemente tem suas contas e atividades submetidas a organizações e órgãos responsáveis pela verificação das nossas regularidades”, lembra.

 

Os resultados, ressalta o gestor, têm surpreendido por, algumas vezes, irem além da conclusão fria de que as contas estão em ordem. “Há pareceres elogiosos, alçando a instituição a patamares elevados, tornando-a referência para outros RPPS, como recentemente concluiu uma força-tarefa do Tribunal de Contas do Estado e do Ministério Público de Contas do Amazonas”, cita.

 

O saneamento e o fortalecimento da previdência municipal foi um dos desafios que a administração municipal teve que enfrentar desde 2013 para evitar que o caos que caracterizava a maioria dos RPPS no País se tornasse realidade em Manaus. Realizou-se em 60 meses o que não foi implementado em oito anos, quando o Regime Próprio de Previdência Social do Município de Manaus foi reestruturado por meio da Lei nº 870/2005.

 

O ponto de partida foi a conquista do equilíbrio financeiro e atuarial que caracteriza a instituição desde 2013 e que assegura os direitos previdenciários aos seus mais de 28 mil segurados, entre servidores ativos, aposentados e pensionistas.  Estes últimos - aposentados e pensionistas -, hoje somam em torno de 6.500 benefícios. A boa governança da instituição foi reconhecida em nível local e nacional.

 

Prêmios

 

 

Em setembro, a previdência de Manaus recebeu o prêmio de “Boas Práticas de Gestão Previdenciária’’, concedido pela Associação Nacional das Entidades de Previdência de Estados e Municípios. Foi a primeira cidade em gestão previdenciária entre as capitais e a quarta cidade colocada entre os 5.570 municípios brasileiros.

 

Em novembro, foi a vez do reconhecimento local com a conquista do prêmio destaque na categoria “Gestão-250 pontos’’ do Prêmio Qualidade Amazonas, da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (PQA-Fieam). Foi da banca julgadora do PQA que a direção da Manaus Previdência ouviu que a sua boa governança a credenciava a ser referência nacional nas boas práticas previdenciárias em curto ou médio prazo.

 

E no início deste mês, a instituição recebeu a recomendação da manutenção da certificação ISO 9001:2008 - Sistema de Gestão da Qualidade, no escopo “Concessão de Benefícios (Aposentadorias e Pensões) para servidores públicos do Município de Manaus e seus dependentes’’, após auditoria da empresa TÜV Rheinland. A validade da certificação vai até setembro de 2018, quando entra em vigor a nova versão 2015.

 

“Agora, finalizamos o ano passando pela aprovação de mais uma auditoria, reafirmando o compromisso do prefeito Arthur Virgílio Neto de assegurar os direitos previdenciários, observando os critérios que preservem o equilíbrio financeiro e atuarial da instituição”, concluiu Vieira

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Curtir
Please reload

DESTAQUES

Polícia Militar, por meio da Rocam, detém dois suspeitos por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, na zona oeste

12/01/2020

1/10
Please reload

POSTS RECENTES