Você no Blog da Amazônia!

Aconteceu alguma coisa na sua comunidade? Chama a gente. Envie fotos, vídeos, sua denúncia, crítica ou sugestão.

Nosso Whatsapp: 92 99248-8080 Adiciona a gente aí!

Vereador Anderson Leal, vice-presidente da Câmara de Figueiredo, afirma que políticos são corruptos e que imprensa é mentirosa

24/02/2018

 

 

O vereador de Presidente Figueiredo, Anderson Leal (PMDB), demonstrou estar bastante insatisfeito com a repercussão do caso do advogado Yury Thury,  vítima de ameaças, supostamente, feitas pelo assessor jurídico da Câmara Municipal, Fábio Leal, primo do parlamentar. Questionado sobre a situação, ocorrida na última quarta-feira (20), Anderson disse que o episódio entre os dois advogados só serviu para “alimentar”’ a imprensa, qualificada como “politiqueira”’. 

 

O vereador disse, ainda, que preferia não se pronunciar a respeito do caso, e que não concordava com a divulgação feita por alguns portais de notícias de Manaus. “Isso tudo só serviu pra alimentar a mídia politiqueira. São blogs que não têm credibilidade alguma na sociedade. Hoje, os blogs são mais mentirosos e mais corruptos do que os próprios políticos”, comentou. 

 

Embora existam inúmeros casos de corrupção na política brasileira, a declaração do vereador é um tanto imprudente, já que, claramente, ele afirma que políticos são mentirosos e corruptos por natureza. Sem cautela, ou por ser conformado com a corrupção no país, Anderson não atentou ao fato de que a sua afirmação lhe incluiu entre os tais corruptos, pois também é político.  

 

Sem fundamento 

Em outra ocasião, Anderson Leal tentou se sair da história, mas acabou se atrapalhando na resposta. O vereador garantiu que não compactua com a violência, citando um exemplo nada condizente com a situação. “Não tenho nenhum primo que já foi policial. Não compactuo com o que ele fez.

 

Minha mulher é uma e a dele é outra. O que eu como é diferente do que ele come”, disse Anderson Leal. 

Essa outra expressão dá a entender que o vereador não quer ter a imagem associada ao mau comportamento de Fábio Leal, mesmo ele sendo acusado de influenciar o advogado à violência. 

Entenda o caso

De acordo com a denúncias, Yury Thury foi ameaçado por ter dito ao advogado Fábio Legal que possui informações sobre supostas irregularidades praticadas pelo vereador Anderson Leal e que, inclusive, já teria apresentado à Justiça.  

 

Em uma conversa entre os dois, vazada nas redes sociais, Fábio afirma que - a pedido de seu primo, vereador Anderson Leal - terá que tomar algumas providências, e que se for necessário partir para uma luta corporal, não medirá esforços, pois já atuou como policial por duas vezes e está preparado para morrer e para matar. 

 

OAB apura caso 

De acordo com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Amazonas (OAB), Marco Aurélio Choy, o caso está sendo apurado pelo Tribunal de Ética e Disciplina (TED) e que medidas cabíveis serão adotadas.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Curtir
Please reload

DESTAQUES

Polícia Militar, por meio da Rocam, detém dois suspeitos por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, na zona oeste

12/01/2020

1/10
Please reload

POSTS RECENTES