Você no Blog da Amazônia!

Aconteceu alguma coisa na sua comunidade? Chama a gente. Envie fotos, vídeos, sua denúncia, crítica ou sugestão.

Nosso Whatsapp: 92 99248-8080 Adiciona a gente aí!

Assalto ao 450, motorista morto. Todos os detalhes.

15/06/2018

 

 

Manaus/AM - Na noite de ontem, (14/06), o coletivo da linha 450, da empresa viação São Pedro, culminou na morte do motorista identificado como, Francisco Araújo da Silva, 51. 

 

ENTENDA O CASO

 

Ao sair da avenida Torquato Tapajós e entrar na Avenida Max Teixeira, Cidade Nova (Zona norte), o motorista foi surpreendido por 3 bandidos, que anunciaram o assalto. Um passageiro ainda não identificado, sacou uma arma de fogo e atirou contra um dos bandidos, esse bandido revidou e tentou alvejar o passageiro, outro bandido, segundo testemunhas, atirou e alvejou o motorista que já estava parando o coletivo. Segundo informações, foram dois tiros. Um deles atingiu um órgão fatal do motorista que veio a óbito no local.

 

FUGA

 

Após cometer o crime, dois bandidos se evadiram do local, que é uma área escura e deserta da Avenida Max Teixeira. 

 

BANDIDO ALVEJADO

 

O adolescente de 17 anos, que participava da ação criminosa, foi alvejado na cabeça pelo passageiro misterioso que até agora não foi identificado e também sumiu do local.

 

BANDIDO SE FINGIU DE MORTO 

 

 

O adolescente alvejado, ainda estava consciente e segundo testemunhas, se fingiu de morto para não ser linchado pela população que estava revoltada. Com a chegada do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de urgência), foi constatado que o criminoso ainda estava com vida, daí então os para-médicos iniciaram um procedimento para reanimá-lo, pois o mesmo naquele momento já estava inconsciente devido o ferimento de bala na cabeça. 

 

BANDIDO AGREDIDO

 

Ao perceber que o bandido não estava morto e que a equipe do SAMU tentava reanimá-lo, a população passou a agredi-lo ainda na maca com socos e tapas. O SAMU colocou o criminoso na ambulância e tratou de tirá-lo de imediato dali afim de preservar sua integridade física.

 

AMBULÂNCIA FOI FECHADA POR POPULARES 

 

Na altura do supermercado Atack, ainda na Avenida Max Teixeira, a ambulância foi cercada por motoqueiros e populares devido o trânsito parado. A população revoltada, tentava tirar o criminoso da ambulância para linchá-lo. Viaturas da PM segundo testemunhas, conseguiram liberar a ambulância que seguiu para o hospital Platão Araújo na Zona leste onde o criminoso recebeu atendimento e foram feitos os primeiros procedimentos para salvar a vida dele.

 

ESTADO DE SAÚDE DO CRIMINOSO 

 

 

As informações que apuramos,  dão conta de que ainda de madrugada o criminoso foi transferido para o Hospital Pronto Socorro João Lucio,  que dispõe de maior estrutura e encontra-se na UTI. O estado de saúde dele evoluiu de grave para gravíssimo e ele corre risco de morte.

 

DESFECHO 

 

O corpo do motorista foi removido pelo IML (Instituto Médico Legal) e a DHES (Delegacia Especializada em homicídios e Sequestros) investigará o caso.

 

Estamos acompanhando o caso e no decorrer do dia, traremos novas informações. 

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Curtir
Please reload

DESTAQUES

Polícia Militar, por meio da Rocam, detém dois suspeitos por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, na zona oeste

12/01/2020