Críticas, sugestões de pauta e parceria comercial: 
Whatsapp: 92 3667-4126 / 99248-8080​
Ou via e-mail: mail@blogdaamazonia.com
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Flickr
  • Preto Ícone SoundCloud
Copyright © 2017-2020. AMAZÔNIA COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA. - Todos os direitos reservados.
CNPJ (MF) 28.140.273/0001-50

Você no Blog da Amazônia!

Aconteceu alguma coisa na sua comunidade? Chama a gente. Envie fotos, vídeos, sua denúncia, crítica ou sugestão.

Nosso Whatsapp: 92 99248-8080 Adiciona a gente aí!

Mais de 22 mil famílias podem ter o Bolsa Família cancelado por falta de atualização cadastral

07/11/2018

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), inicia nesta quarta-feira, 7/11, uma força-tarefa para garantir que mais de 22 mil famílias consigam realizar a atualização do Cadastro Único (CadÚnico), até a quarta-feira, da próxima semana, 14/11. O CadÚnico permite o acesso da população de baixa renda a benefícios sociais, como o Bolsa Família.

 

Essas famílias fazem parte dos grupos G5c e G9 que deveriam ter feito a atualização cadastral até o dia 14/9. Com a proximidade do fim do novo prazo, quem não fizer o recadastro terá o benefício cancelado.

 

Entre as medidas que serão adotadas pela secretaria, está o atendimento iniciando uma hora mais cedo, às 7h e seguindo até às 17h, em todos os Centros de Referência de Assistência Social (Cras); na sede da Semmasdh, na avenida Ayrão, esquina com a avenida Ferreira Pena, Centro; e também na Subcentral do Cadastro Único localizado no Shopping Phelippe Daou, no Jorge Teixeira, zona Norte, próximo ao Terminal de Integração 4 (T4).

 

“Por determinação do prefeito Arthur Neto, nós estamos reforçando nossas equipes e nossos atendimentos para que todos possam fazer a sua atualização antes da data final, que é o dia 14. Importante que as pessoas não deixem para a última hora”, afirmou o secretário da Semmasdh, Dante Souza.

 

Outra medida que será adotada é a suspensão no atendimento de inclusão de novos usuários até o dia 14 deste mês, ou seja, todas as unidades estarão atuando, exclusivamente, no recadastro das famílias inseridas nos grupos G5c e G9. O atendimento volta à normalidade a partir do dia 19.

 

Documentos

Para fazer o recadastro, o responsável da família precisa dos seguintes documentos com cópia:

 

§  CPF;

§  Título de eleitor (é necessário estar com o título em dia com a justiça eleitoral);

§  Um documento de identificação original com foto (RG, CNH entre outros).

§  Carteira de trabalho dos membros economicamente ativos;

§  Certidão de nascimento;

§  Comprovante de matrícula escolar (no caso de crianças e jovens entre 0 e 17 anos de idade;

§  Comprovante de residência válido dos últimos três meses.

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Curtir
Please reload

DESTAQUES

Polícia Militar, por meio da Rocam, detém dois suspeitos por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, na zona oeste

12/01/2020

1/10
Please reload

POSTS RECENTES