Críticas, sugestões de pauta e parceria comercial: 
Whatsapp: 92 3667-4126 / 99248-8080​
Ou via e-mail: mail@blogdaamazonia.com
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Flickr
  • Preto Ícone SoundCloud
Copyright © 2017-2020. AMAZÔNIA COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA. - Todos os direitos reservados.
CNPJ (MF) 28.140.273/0001-50

Você no Blog da Amazônia!

Aconteceu alguma coisa na sua comunidade? Chama a gente. Envie fotos, vídeos, sua denúncia, crítica ou sugestão.

Nosso Whatsapp: 92 99248-8080 Adiciona a gente aí!

Mãe e filho morrem dentro da maternidade Balbina Mestrinho em Manaus

17/02/2019

 

Manaus - AM | Um vídeo que circula pela internet, mostra um homem até o momento não identificado, sendo contido por seguranças da Maternidade Balbina Mestrinho, que fica na Avenida Duque de Caxias, bairro Praça 14, zona Sul de Manaus. Segundo informações repassadas pela assessoria da SUSAM, o homem se desespera após saber que mãe e filho tinham morridos durante o parto.

 

A equipe do site imediato entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretária de Saúde do Estado do Amazonas, (SUSAM), que emitiu a seguinte nota sobre o caso. 

 

 

 

                                               NOTA DE ESCLARECIMENTO 

 

A paciente I.A.F entrou na maternidade Balbina Mestrinho aos 0:12 de sexta-feira, 15/02, queixando-se de dor no baixo ventre e febre de seis dias. Foi imediatamente internada para acompanhamento clínico em enfermaria de alto risco. 

 

Em nenhum momento houve falta de leito ou de assistência à gestante. Uma vez que o exame apontou gravidez de 34 semanas e frequência de 127 batimentos cardíacos fetais, sem sinais de gravidade presentes, preservou-se o bebê, aguardando a maturidade fetal. O tratamento inicial à paciente seguiu protocolo, focando na infecção do trato urinário e no monitoramento por ameaça de parto prematuro. 

 

No dia seguinte, o quadro evoluiu com descolamento prematuro de placenta e, durante a cesariana, por volta das 15h, foi constatada a morte do bebê. A mãe teve forte hemorragia, tendo sido submetida a transfusão de sangue. Em seguida, a paciente foi encaminha à UTI, mas não resistiu, indo a óbito após três paradas cardíacas.

 

Desespero - No momento em que recebeu a notícia das perdas da mãe e do bebê, o pai da criança ficou transtornado e tentou quebrar a máquina de lanche e outros objetos da recepção da maternidade.

 

Os seguranças foram chamados para conter o pai. 

O serviço social prestou assistência à família, incluindo locomoção para a resolutividade dos trâmites póstumos.

 

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) lamenta a perda para a família e abrirá sindicância para apurar as circunstâncias do atendimento e as responsabilidades, caso seja constata falhas nos procedimentos. 

 

Eudogio Gonçalves 

 

IMEDIATO

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Curtir
Please reload

DESTAQUES

Polícia Militar, por meio da Rocam, detém dois suspeitos por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, na zona oeste

12/01/2020

1/10
Please reload

POSTS RECENTES