Críticas, sugestões de pauta e parceria comercial: 
Whatsapp: 92 99248-8080​
Ou via e-mail: mail@blogdaamazonia.com
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Flickr
  • Preto Ícone SoundCloud
Copyright © 2017-2019. AMAZÔNIA COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA. - Todos os direitos reservados.
CNPJ (MF) 28.140.273/0001-50

Você no Blog da Amazônia!

Aconteceu alguma coisa na sua comunidade? Chama a gente. Envie fotos, vídeos, sua denúncia, crítica ou sugestão.

Nosso Whatsapp: 92 99248-8080 Adiciona a gente aí!

Casa Civil empenhou R$ 971 mil com bufê

28/08/2019

Sob comando do vice-governador Carlos Almeida Filho, órgão já gastou R$ 418 mil dos R$ 971 mil empenhados em serviço de bufê, além de almoços e jantares finos com cardápio nacional e internacional 

Manaus – Em meio a queixas de queda na arrecadação, necessidade de corte de gastos e crise na Saúde, a Casa Civil do governo do Estado, sob comando do vice-governador Carlos Alberto Almeida Filho, já gastou R$ 418 mil com serviços de coquetéis finos, que inclui refeições com cardápios para atender paladares nacionais e internacionais, além de lanches e até coffee break. O volume empenhado já chega a R$ 971 mil, em oito meses de gestão e um termo aditivo do contrato eleva o valor total do serviço para R$ 1,2 milhão.

O pagamento pelos serviços contrasta com a situação de crise no setor de Saúde, com falta de pagamentos de salários e itens básicos. Nesta terça-feira (27), por exemplo, técnicos em enfermagem terceirizados da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) José Rodrigues, na zona norte de Manaus, fizeram um protesto em frente da unidade. Segundo os manifestantes, há cinco meses eles não recebem salário. O Estado aponta “déficit orçamentário” para justificar os atrasos de pagamentos a fornecedores.

A situação, aparentemente, não afetou os gastos com serviço de bufê, especialmente na Casa Civil. Dados do Portal da Transparência do governo revelam que no dia 7 de junho, o órgão concentrou o maior volume de pagamentos para esses serviços: R$ 222.369,07 destinado para a empresa J.V.C. Serviços de Bufê Ltda. EPP, mais conhecida por Le Lieu Buffet. Apenas nesta data foram registradas quatro liberações de recursos, sendo o maior no valor de R$ 106.832,13. 

 

 

 

O GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (GDC) teve acesso ao projeto básico do contrato firmado com o Le Lieu que prevê “prestação de serviços de fornecimento de refeições preparadas, referente aos serviços de buffet especializado em cozinha regional e internacional”.

Os pratos incluem sete itens a serem servidos pelo período de 12 meses: 550 unidades de cafés da manhã; 4,5 mil coffe break; 7.630 coquetéis com um prato quente; 8.420 coquetéis sem prato quente; 2.920 coquetéis de líquidos; 1,5 mil almoços e jantares com serviços americanos – em que o convidado se serve; e, por fim, 600 almoços e jantares com serviços à inglesa ou francesa – ou seja, servido por garçons, à mesa posta.

Todos os pagamentos feitos a empresa tiveram como fonte de recursos a Cota Parte do Fundo de Participação dos Estados. Os serviços de bufê fazem parte do quinto termo-aditivo, assinado, em fevereiro, pelo então chefe da Casa Civil, Leandro Benevides, em um contrato firmado, em 2015. Apenas o termo aditivo prevê gastos totais de R$ 1,2 milhão.

A reportagem consultou a Casa Civil e o órgão informou que irá se manifestar sobre o assunto somente nesta quarta-feira (28). 

 

Com informação D24AM

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Curtir
Please reload

DESTAQUES

Polícia Civil solicita o apoio da população para localizar uma adolescente que desapareceu em Manacapuru

14/11/2019

1/10
Please reload

POSTS RECENTES