Críticas, sugestões de pauta e parceria comercial: 
Whatsapp: 92 99248-8080​
Ou via e-mail: mail@blogdaamazonia.com
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Flickr
  • Preto Ícone SoundCloud
Copyright © 2017-2019. AMAZÔNIA COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA. - Todos os direitos reservados.
CNPJ (MF) 28.140.273/0001-50

Você no Blog da Amazônia!

Aconteceu alguma coisa na sua comunidade? Chama a gente. Envie fotos, vídeos, sua denúncia, crítica ou sugestão.

Nosso Whatsapp: 92 99248-8080 Adiciona a gente aí!

Projeto social beneficiará crianças da rede pública

15/10/2019

 

 

O deputado estadual Álvaro Campelo (Progressistas) participou da pré-inauguração, na noite desta segunda-feira, 14, do projeto social "Mais Que Vencedor", comandado pelo atleta e campeão de jiu-jitsu, Rigoney Costa. A iniciativa atenderá estudantes da rede pública de ensino, entre 8 e 12 anos de idade.

 

Segundo Álvaro Campelo, o projeto vai contribuir para a formação do caráter dessas crianças, além de outros benefícios. "Sei da importância que o esporte tem na vida dessas crianças, expostas a muitos riscos, como o vício das drogas. Temos o dever de realizar ações preventivas que possam dar um futuro digno para todas elas" garante o deputado estadual.

 

Para o mestre Rigoney, o trabalho social vai além de tirar a criança de uma vida ociosa."A arte marcial é uma porta de entrada para ter disciplina, entrar em uma faculdade ou ser um campeão olímpico. O apoio do deputado Álvaro Campelo é um exemplo real do que um homem público pode fazer na vida de muitas pessoas", afirma o atleta.

 

Projeto Social

 

O "Mais Que Vencedor", que inicia como projeto piloto, vai contemplar algumas escolas da rede pública de Manaus e é uma promessa de campanha do deputado. O objetivo é que, nos próximos anos, a iniciativa possa chegar aos municípios do interior do estado.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Curtir
Please reload

DESTAQUES

Resultado final de seleção de estágio em Direito é divulgado pela Defensoria

05/12/2019

1/10
Please reload

POSTS RECENTES