Críticas, sugestões de pauta e parceria comercial: 
Whatsapp: 92 99248-8080​
Ou via e-mail: mail@blogdaamazonia.com
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Flickr
  • Preto Ícone SoundCloud
Copyright © 2017-2019. AMAZÔNIA COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA. - Todos os direitos reservados.
CNPJ (MF) 28.140.273/0001-50

Você no Blog da Amazônia!

Aconteceu alguma coisa na sua comunidade? Chama a gente. Envie fotos, vídeos, sua denúncia, crítica ou sugestão.

Nosso Whatsapp: 92 99248-8080 Adiciona a gente aí!

Mais de 20 opções para curtir o fim de semana nos espaços culturais do Estado

22/11/2019

 

 

O fim de semana nos espaços administrados pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa vai ser movimentado com mais de 20 opções de atividades de teatro, música, dança, cinema e literatura. A maioria com entrada gratuita. Confira e aproveite!

 

22 (sexta-feira)

 

14h – Na Praça Central do Centro de Convivência do Idoso – Ceci Aparecida (rua Wilkens de Matos, s/nº), acontece a tradicional “Tarde Dançante”, com repertório exclusivo de boleros, promovendo entretenimento, lazer e interação social à pessoa idosa. A festa continua até às 19h, com entrada gratuita.

 

17h – No Parque Senador Jefferson Péres (avenida Lourenço da Silva Braga, 1507, Centro) terá apresentação de “O Cavaleiro da Armadura de Sol”, espetáculo infantojuvenil contemplado no Edital Amazonas Cênico 2019. Na peça, três saltimbancos contam a história de um cavaleiro que descobre estar preso na sua própria armadura. Não conseguindo se libertar, é obrigado a partir numa jornada. O que não sabia o cavaleiro era que essa jornada, aparentemente acontecida em lugares ermos e diferentes, seria dentro dele mesmo. Acesso gratuito.

 

18h30 – Na Sala de Música do Centro Cultural Palácio da Justiça (avenida Eduardo Ribeiro, 901, Centro), o Grupo Vocal dos Corpos Artísticos fará um recital com obras que passam pela renascença até a música popular brasileira, com composições de Sermisy, Josquim des Prez, J. S. Bach, G. Verdi, Baden Powell, Vinicius de Moraes, Adoniran Barbosa, Ary Barroso e Vital Farias. No repertório canções como “Tant que vivray” (Sermisy), “El grillo” (Josquim des Pres), “Es woll uns gott” (J. S. Bach) e “Va pensiero” (G. Verdi). Classificação livre e entrada gratuita.

 

18h30 – No Centro Cultural Usina Chaminé (avenida Manaus Moderno, s/nº, Centro) será apresentado “Velha Loba”, solo performático contemplado no Edital Amazonas Cênico 2019, e que faz um convite a adentrar as histórias selvagens de Clarissa Pinkola Estés, que leva ao universo da força arquetípica do lobo. A senhora à beira do fogo recebe visitantes que chegam para ouvir histórias antigas com cheiro de alecrim e rosas brancas. Entrada gratuita. Não recomendado para menores de 10 anos.

 

19h - Também no Usina Chaminé haverá apresentação de “Enlugar”, outro espetáculo contemplado no Edital Amazonas Cênico 2019 e que apresenta reflexões e experimentos sobre a relação corpo-espaço em casas abandonadas do centro da cidade de Manaus. Entrada gratuita e classificação livre.

 

19h – Já no Largo de São Sebastião, será encenado “(I) Mundo de Sofia”. Na peça, contemplada no Edital Amazonas Cênico 2019, Sofia é uma faxineira-palhaça que vive a dureza da realidade de um trabalho pesado e que a coloca, muitas vezes, numa situação de invisibilidade. Um olhar leve e divertido sobre um universo muitas vezes ignorado. Acesso gratuito e classificação livre.

 

20h - O Ballet Álvaro Gonçalves apresentará “Aladdin e a Lâmpada Maravilhosa”, no Teatro Amazonas. No espetáculo, o humilde jovem Aladdin se encanta pela princesa Jasmine, que acaba de fugir do palácio. Ao mesmo tempo, ele é escolhido para entrar na caverna do tesouro para recuperar a lâmpada mágica que libertará o Gênio de um sono de mil anos, e que lhe garantirá a realização de três desejos. Entre a busca da lâmpada e a conquista do amor de Jasmine, Aladdin viverá muitas aventuras. Ingressos a R$ 120 (plateia e frisas), R$ 80 (1º pavimento), R$ 60 (2º pavimento) e R$ 40 (3º pavimento). Classificação livre.

 

Dia 23 (sábado)

 

8h – A Biblioteca Pública do Amazonas (rua Barroso, 57, Centro) abrirá com o “Sábado na Biblioteca”, programação que acontece um sábado por mês, com Bibliotour, consulta aos acervos de literatura e gibiteca, e exibição de curtas de animação infantil. Até 12h, com entrada gratuita e classificação livre.

 

14h – O último dia do “Festival Até o Tucupi” contará com Mostra Audiovisual e roda de conversas, no Cineteatro do Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola (rua Gandú, 119, Cidade Nova). Das 16h até às 22h, acontecerá a Mostra de Música, com shows de Renata Martins, Trialis, Karen Francis, Lua Negra, Líbito, Alderia, Aposse92, Pacato Plutão, Anna Suav & Bruna BG (PA), Ian Lecter, Raffa Moreira (SP). As apresentações serão divididas entre a Arena Aberta e Área de Coberta. Toda programação é gratuita.

 

14h – Já no Cineteatro Aldemar Bonates, no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou (avenida Brasil s/ nº – Santo Antônio) acontecerá a terceira edição do “Festival de Batalhas Urbanas Fluxo”. O evento visa fomentar as danças urbanas em Manaus, incentivando as categorias de dança do Hip Hop. Em formato de competição, os dançarinos se enfrentarão nas modalidades Break, Hip Hop, All Style, Vogue, Waacking, Locking, Popping, House, Dance Hall e Experimental. As inscrições serão realizadas no dia do evento (até 16h), no valor de R$ 10 para cada categoria. A programação também contará com shows de CIA Artigo 5, Hunter K-pop Dance Cover, Ulisses Aquino Espaço de Dança. Os ingressos serão vendidos na hora do evento ao preço de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia entrada).

 

15h – A Biblioteca Pública do Amazonas será o cenário para debate entre leitores, escritores e amantes do gênero fantasia no “I Encontro de Literatura Fantástica (Elfa)”, que terá o tema “As bruxas (finalmente) estão à solta!”. O encontro levará para o debate obras como “A História da Bruxaria”, de Alexander Brooks; “O Martelo das Feiticeiras”, de Springer; “A Casa 26”, conto de Ross Freitas; e “A Bruxa”, quadrinho de Ikarow, a partir das quais o público poderá compartilhar experiências e desdobramentos literários. A roda terá como mediadora Tammy Rosas, produtora cultural, editora-chefe da revista “Folharal” e membro do coletivo Visagem, grupo idealizador do evento. Classificação livre e entrada gratuita.  

 

17h – No Parque Rio Negro (rua Beira Mar, 121, São Raimundo), o Centro de Tradição Gaúcha Rancho Manauara apresentará “No Continente Rio-Grandense, Estancieiros e Tropeiros”. Contemplado no Edital Amazonas Cênico 2019, o show reúne momentos marcantes do Continente Rio-Grandense no século XVII e início do século XVIII, ainda no processo de estruturação e colonização; e exalta duas classes sociais fundamentais para a formação do Rio Grande do Sul: os Estancieiros “Barões” e os Tropeiros “Peões”. Acesso gratuito.

 

18h – Uma narrativa que propõe um ritual atemporal, num não lugar, em que personagens, pessoas, diálogos, cidadãos, filosofias e percepções se encontram para dançar e dialogar sobre as vidas. Assim é “Encontrar: Afetos e Diálogos”, espetáculo contemplado no Edital Amazonas Cênico 2019, que será apresentado no Centro Cultural Usina Chaminé, com entrada gratuita. Não recomendado para menores de 14 anos.

 

18h – No Centro Cultural Palácio da Justiça, será apresentado “Sonatas Brasileiras”, recital do duo Maria Grigorova (violino) e Renan Branco (piano), dedicado às obras camerísticas do gênero sonata, dos consagrados compositores brasileiros Claudio Santoro, Villa Lobos e Camargo Guarnieri. No programa estão “Sonata n 4 para violino e piano” (Santoro), “Primeira Sonata – Fantasia Desesperance” (Villa-Lobos) e “Sonata n 4 para violino e piano” (Guarnieri). Entrada gratuita e classificação livre.

 

18h30 – No Cineteatro Guarany (avenida Sete de Setembro, 1.546, Centro – Vila Ninita, anexo ao Palácio Rio Negro), dentro da programação do Cine Clube de Arte, acontecerá a “Mostra da Memória Amazonense Contemporânea”, com a exibição de “Joaquim Marinho - O comunicador cultural do Amazonas”, um documentário de Sergio Cardoso que narra a trajetória de vida pública e pessoal do grande agitador cultural do Amazonas. A história é contada pelo próprio Joaquim Marinho, sendo este o último registro em vida. O documentário conta ainda com depoimentos da esposa Silene Melo Marinho, passando pelas lembranças de uma Manaus que, mesmo em meio à ditadura militar, conseguiu manter um ritmo frenético de atividades artísticas e culturais no Estado. Um registro histórico de uma personalidade que deixou sua marca nas rádios por onde passou como locutor, no ressurgimento dos cinemas do centro de Manaus nas décadas de 80, 90 e início de 2000; além de outras atividades. Entrada gratuita e classificação indicativa livre.

 

19h – No Teatro Gebes Medeiros (avenida Eduardo Ribeiro, 937, Centro – Antigo Ideal Clube) a Criatê Arte & Produção encenará “De encontro”. O espetáculo apresenta uma dramaturgia que transita entre o real, o fictício e suas próprias experiências. Encontros como o de duas amigas de longa data, o encontro com um cachorro, um desencontro, um primeiro encontro, e até o encontro com um assaltante, são relatos abordados para cena de forma leve e sensível, possibilitando que o espectador se identifique na dor e no riso dessas personas. “De encontro” foi contemplado no Edital Amazonas Cênico 2019 e tem classificação indicativa para 10 anos. Acesso gratuito.

 

20h – No Teatro Amazonas será apresentado “O guarda-chuva encantado”, espetáculo que reúne alunos dos cursos de Teatro, Dança, Música e Artes Visuais do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro. O espetáculo apresenta o nascimento de uma grande amizade em meio ao caos urbano e abandono, ao mesmo tempo em que se entrelaça a trechos de grandes musicais. Uma criança abandonada na rua encontra uma mulher que a ensina que através da imaginação ela pode ser tudo o que ela quiser, a partir daí surge uma grande amizade. Essa mulher traz um guarda-chuva furado, mas cheio de histórias e com ele essas personagens vivem grandes aventuras. Entrada gratuita e classificação livre.

 

Dia 24 (domingo)

 

8h – A Biblioteca Pública do Amazonas abrirá para a 37ª Feira de Troca de Livros e Gibis, projeto que acontece sempre no último domingo de cada mês, com o objetivo de promover a circulação do conhecimento, ampliar o acervo da Biblioteca, além de incentivar o hábito da leitura. A programação desta edição contará com a “Bibliotour”, visita guiada contando a história e arquitetura de um dos patrimônios históricos mais emblemáticos do Amazonas;  exibição de curtas de animação voltadas ao público infantil e História Encenada, que nesta edição será “Juca e a serpente do rio”, com apresentações às 9h e às 11h.  

 

Para participar da troca de livros, o visitante deve levar livros e gibis que serão trocados por cupons. Cada cupom dará direito de realizar a troca do livro por outro livro e do gibi por outro gibi. Os cupons de gibis também dão direito à troca de livros de literatura infantil. As obras serão analisadas no ato da entrega quanto ao seu estado de conservação. Não serão aceitos livros didáticos, técnicos e escolares, ou em mau estado de conservação. Entrada gratuita.

 

10h – No Teatro Amazonas, acontecerá a Mostra Teatral Interarte 2019, com espetáculos às 10h, 14h e 19h. No primeiro horário, serão apresentados “Castelo Rá-Tim-Bum”, sobre Nino, um garoto de 300 anos que vive num castelo encantado com o tio Dr. Victor, um feiticeiro e cientista, e a tia-avó Morgana, uma feiticeira e contadora de histórias; “Brincando no escuro”, espetáculo baseado na estética clown, onde os clowns ficam presos numa casa num dia de chuva e falta de energia elétrica, e começam a inventar histórias e brincadeiras para se livrar do medo; “A verdadeira história do lobo mau malvado”, no qual o Lobo Mau reivindica seu papel como protagonista da história e é julgado após procurar um advogado para tentar limpar sua barra com a criançada depois da história dos três porquinhos; e “Festa Encantada”, que faz a seguinte pergunta: “E se grandes princesas e personagens dos contos de fadas vivendo no século 21 resolvessem dar uma festa em uma noite qualquer? Que aventuras mágicas eles viveriam naquele dia?”. Os ingressos para a Mostra estão à venda ao preço de R$ 60 (plateia e frisas), R$ 40 (1º e 2º pavimentos) e R$ 20 (3º pavimento). Classificação livre.

 

14h – Na segunda sessão de espetáculos da Mostra Interarte 2019 serão apresentados “A Escolha”, que aborda várias situações que podem acontecer em uma festa de adolescentes; “Uma por todas e todas por uma”, no qual oito garotas colocam em foco questões como empoderamento feminino, preconceito, direitos a igualdade, violência, machismo e amor próprio; e “As histórias de Pedro Malasartes”, adaptação na qual todos os atores e atrizes são Pedros ou Pietras, narradores (as) e personagens de acordo com as seguintes histórias: A árvore que dava dinheiro, Malasartes impede que o mundo desabe, O juiz e a cartola, Malasartes e o passarinho, Malasartes e o urubu adivinho e A sopa de pedra.

 

17h – No Largo de São Sebastião, a Companhia Vitória Régia apresentará “O Casamento da Filha de Mapinguari”, musical infantojuvenil, contemplado no Edital Amazonas Cênico 2019, que conta uma hilariante história de amor com forte apelo ecológico pela representatividade de seus personagens: sauim-de-coleira, tucano, bicho folharal, tamanduá, macacos e o dono da floresta, o gigante Mapinguari, que resolve casar sua filha, “Lua Nova”. Acesso gratuito.

 

18h – Já no Cineteatro Guarany, também pelo Edital Amazonas Cênico 2019, será apresentado “O Último Bolero”, espetáculo que conta a história de Cátia, uma travesti que se divide entre os shows em uma boate e os programas que faz. Além de enfrentar essa luta para sobreviver, Cátia sustenta Nonô, seu irmão mudo e paralítico. Sua vida apresenta uma reviravolta depois que começa a se relacionar com o jovem Joãozinho. Não recomendado para menores de 14 anos. Entrada gratuita.

 

19h – O encerramento da Mostra Interarte 2019, no Teatro Amazonas, será em grande estilo com a apresentação do musical “Grease”, baseado no clássico americano “Grease – Nos tempos da brilhantina”, que retrata a vida do líder de uma gangue de greasers, Danny Zuko, e da mocinha Sandy Olsson, que se apaixonam e que precisam mudar para viver esse amor. Classificação indicativa: 12 anos. Ingressos ao preço de R$ 60 (plateia e frisas), R$ 40 (1º e 2º pavimentos) e R$ 20 (3º pavimento). Classificação livre.

 

19h – No Teatro Gebes Medeiros, acontecerá a terceira edição do “Domingo Autoral”, projeto que incentiva a divulgação da música produzida no Amazonas. Desta vez, Ketlen Nascimento apresentará suas canções que falam de amor e da riqueza natural do Estado. No palco, a cantora terá a companhia dos músicos Neil Armstrong Jr. (violão), Eduárdo Oliveira (flauta) e João Paulo (percussionista). Entre as músicas selecionadas estão “Te esquecer é impossível”, “Canta Águias”, “Segredos”, “Coração Dividido”, “A dor da paixão”, “Verdade”, “Lembrança” e “Pensando verde”, algumas estão no DVD “Ketlencantamazônia”, gravado no Teatro Amazonas, em 2010.  

 

O convidado da noite será Allan Nascimento que falará sobre sua carreira e cantará músicas como “Um grito de alerta” e “Uma nova missão”. Entrada gratuita e classificação livre.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Curtir
Please reload

DESTAQUES

Procon Manaus começa a autuar postos por aumentos abusivos na gasolina

07/12/2019

1/10
Please reload

POSTS RECENTES