Você no Blog da Amazônia!

Aconteceu alguma coisa na sua comunidade? Chama a gente. Envie fotos, vídeos, sua denúncia, crítica ou sugestão.

Nosso Whatsapp: 92 99248-8080 Adiciona a gente aí!

Operação Lei Seca flagrou 19 motoristas embriagados entre quarta (27/11) e domingo (1º/12)

02/12/2019

 

 

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) flagrou, entre quarta-feira (27/11) e o domingo (1º/12), 19 motoristas dirigindo sob efeito de álcool em Manaus. Durante as fiscalizações 806 foram abordados, e 380 condutores foram convidados a realizar o teste do bafômetro durante as ações.

 

As fiscalizações da operação lei seca foram realizadas em diversos bairros de Manaus, Cidade Nova, Ponta Negra, Centro, Coroado, Tarumã e Nossa Senhora das Graças (Vieralves). As ações foram realizadas pelos agentes do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot), policiais do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran) e Polícia Civil.

 

Os agentes de trânsito recolheram 48 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e 54 Certificados de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLVs). Foram removidos 64 veículos ao parqueamento do órgão, sendo 36 carros e 28 motocicletas, também foram emitidos 303 autos de infração e mais 800 veículos foram abordados durante as fiscalizações.

 

Dois dos condutores autuados, além das penalidades, também responderão na Justiça por crime de trânsito porque apresentaram índice a partir de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro. Se condenados, poderão cumprir de seis meses a três anos de prisão, conforme prevê a Lei Seca, também conhecida como “tolerância zero”.

 

De acordo com o diretor presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, o objetivo das ações é promover a ordem e o bem-estar social no trânsito, além de inibir infrações de trânsito. As operações de trânsito fazem parte da estratégia do Sistema de Segurança Pública do Governo do Amazonas para a redução dos índices de criminalidade e ocorrências de trânsito.

 

Os condutores autuados por embriaguez ao volante ou recusa ao teste do etilômetro terão que pagar multa no valor de R$ 2.934,70, além de responder a processo administrativo no Detran-AM para a suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Curtir
Please reload

DESTAQUES

Polícia Militar, por meio da Rocam, detém dois suspeitos por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, na zona oeste

12/01/2020

1/10
Please reload